RSS

Não leve uma mulher muito à sério

13 out

Já vi vários relacionamentos que pareciam muito legais acabarem sem uma razão crítica e aparente. Ele era o tipo de cara que apoiava sua parceira, supria suas carências, atendia aos seu pedidos, no entanto isso não era o suficiente.

É sério?

Entendo muito pouco a mente feminina. O pouco que entendo é que ela opera em base diferente que a do homem.

O princípio que norteia o homem é a concretude dos fatos. A mulher funciona por ondas de sentimento.

Na maior parte das vezes o que ela afirma não expressa uma verdade absoluta. Isso não quer dizer que ela mente, apenas que isso é uma onda passageira de emoções.

O erro do homem começa quando ele ouve sua mulher com a mesma sensação de palavra dita do seu amigo. O que o amigo quer dizer foi o que ele quis dizer. O que uma mulher diz nem sempre é o que ela quis dizer.

Isso significa que se um homem reage ao que a mulher pede dele provavelmente irá se dar muito mal. É preciso ir além.

Uma tática muito comum que a mulher usa para desestruturar um homem é acusá-lo. Por qualquer coisa. É o primeiro recurso que irá utilizar para enfraquecê-lo. A reação imediata do homem é se desculpar, defender ou rebater o argumento provando que ele tem razão. Caia fora dessa. Essa é uma base ruim para o diálogo, ela pressupõe que há culpa e que ela pertence a alguém.

Quando uma mulher pede para que o seu parceiro pare de trabalhar e dê atenção à ela isso não significa que de fato quer que ele deixe tudo o que está fazendo para ficar com ela. Apenas está dizendo que está insatisfeita com o relacionamento. Em outro momento, caso você deixe tudo para ficar com ela isso pode ser desastroso. Ela queria vê-lo trabalhando e convicto de suas decisões.

Se um homem abre mão de tudo pela sua mulher é provável que ela o deixe. Ela diz que quer ser a número 1 na vida dele, mas não é isso que ela quer dizer de fato. Ela só está dizendo que sente sua falta e que o trabalho o prende muito tempo longe dela. Conheço homens que deixaram seu trabalho para seguir sua parceira, o tempo mostrou que ela o deixou depois de algum tempo.

Uma mulher admira um homem com propósito de vida bem claro. Ela precisa que ele tenha direcionamento em suas ações. Caso ele esteja perdido, louco ou desorientado de si mesmo essa mulher não confiará em sua força masculina. Normalmente, algumas mulheres confundem isso com poder, beleza, inteligência ou status. Mas o que elas anseiam é um homem que sabe onde quer chegar, mesmo que isso mude com o tempo.

A lógica feminina opera em um nível sutil que está além das palavras. Ela está muito mais conectada aos seus sentimentos.

Portanto, não entre em discussões do tipo, “aquele dia você me disse uma coisa e agora disse outra!”. Aquele dia era um estado de espírito, hoje é outro. Se realmente quer se comunicar com sua mulher vá até a base da relação de vocês: o amor que os conecta.

Argumente pouco, porque não é pela lógica racional que irá convencê-la. Respire sua mulher, olhe-a nos olhos, transpire seu amor masculina, acerte-a como uma lança que a parta no meio.

Sustente muito sua postura, consiga olhar aquelas manifestações de verdade feminina como paisagens que vem e que vão. Saiba usar o silêncio na hora certa, as palavras com precisão e os gestos como suporte. Isso não é teimosia ou inflexibilidade, é mais parecido com um toureiro que deixa as emoções dela passagem.

Acolha na sua dor, sem ser condescendente, tire-a do turbilhão e da loucura que se enfiou, mesmo que para isso tenha que ser firme e duro. Não recue diante da raiva, do choro ou da tristeza. Não a console, apenas esteja ali, presente, firme ao lado dela.

Se quer entender as mulheres, se é que isso é possível, abandone os manuais (inclusive esse texto) e aprenda um pouco de metáfora. Neruda sempre me ajuda nessas horas. Ouça uma mulher como uma metáfora.

É assim que te quero, amor,
assim, amor, é que eu gosto de ti,
tal como te vestes
e como arranjas
os cabelos e como
a tua boca sorri,
ágil como a água
da fonte sobre as pedras puras,
é assim que te quero, amada,
Ao pão não peço que me ensine,
mas antes que não me falte
em cada dia que passa.
Da luz nada sei, nem donde
vem nem para onde vai,
apenas quero que a luz alumie,
e também não peço à noite explicações,
espero-a e envolve-me,
e assim tu pão e luz
e sombra és.
Chegastes à minha vida
com o que trazias,
feita
de luz e pão e sombra, eu te esperava,
e é assim que preciso de ti,
assim que te amo,
e os que amanhã quiserem ouvir
o que não lhes direi, que o leiam aqui
e retrocedam hoje porque é cedo
para tais argumentos.
Amanhã dar-lhes-emos apenas
uma folha da árvore do nosso amor, uma folha
que há-de cair sobre a terra
como se a tivessem produzido os nosso lábios,
como um beijo caído
das nossas alturas invencíveis
para mostrar o fogo e a ternura
de um amor verdadeiro.

_____________

Venha conhecer o meu trabalho pessoalmente na próxima palestra que realizarei:

Solteira, Namorando ou Casada: Entenda como lidar com os homens  e resolver conflitos amorosos.[mais informações]

___________________

Artigos relacionados 

Coisas estúpidas que uma mulher pode fazer por um homem

8 sinais do término de um relacionamento amoroso

Como seus pais influenciam no seu relacionamento amoroso

3 vilões dos relacionamentos: carência

3 vilões dos relacionamentos: apego

3 vilões dos relacionamentos: jogos de poder

Dificuldade em perdoar

“Você não vale nada mas eu gosto de você!”

Como funciona a química de um relacionamento amoroso

Tomei um pé na bunda! 

Você nunca mais vai amar do mesmo jeito

O que seu cérebro faz com você (ou você com ele)

Diferença entre o cérebro masculino e feminino

Energia feminina

A Amélia – Mulher do primeiro estágio

A Guerreira – Mulher do segundo estágio

Plena – Mulher do terceiro estágio

O pai que está escondido na sua cabeça

About these ads
 
4 Comentários

Publicado por em 13/10/2011 em Relacionamentos, Yin-Yang

 

Tags: , , , , ,

4 Respostas para “Não leve uma mulher muito à sério

  1. Hugo

    13/10/2011 at 10:27 PM

    Fred, assiste a esse filme italiano:
    “O carteiro e o poeta”

    É com o Neruda. Muito singela a história.

    Abs.

     
    • blogsobreavida

      17/10/2011 at 10:43 AM

      Vi há duas semanas, muito bom mesmo! Valeu pela dica, vai indicando outros! Abraços

       
  2. Deusirene

    13/10/2011 at 2:26 PM

    Olá, Fred! Boa tarde! Nossa! Parece que estava me vendo num espelho. É isso mesmo que nós mulheres pensamos, sentimos, melhor escrevendo. Às vezes, nem eu mesma me entendo :)
    Obrigada pelo texto e pelo poema. estava com saudades de escrever.

    “Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância.” – (Fernando Pessoa)

    Abraços

     
    • blogsobreavida

      17/10/2011 at 10:44 AM

      Que bom que gostou Deusirene!
      Escrever é magico mesmo!
      bjs

       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 588 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: