RSS

A ilusão do Dinheiro

20 jul

Falamos sobre beleza e feiúra e como elas influenciam na nossa personalidade. Dinheiro também influência na formação da personalidade.

Feliz? Não sei...

É muito comum associar a felicidade com o dinheiro. A maioria dos homens atribui felicidade ao dinheiro, pois a sensação de poder é de grande valor social.

Mas infelizmente seu pai esqueceu de contar um detalhe: a mente humana se acostuma com tudo, até com o dinheiro.

Insatisfeitos crônicos somos todos, isso é velho. Mas será que é possível ficar insatisfeito com muito dinheiro? Se você for milionário saberá do que eu estou falando.

Hoje seu salário é uma miséria, pois bem, um dia ele já foi seu desejo mais profundo. Você jurou que quando ganhasse essa grana já estaria feliz. Está feliz?

“Mas a inflação, os impostos e blábláblá”

Não importa quanto você tenha, importa é que nada é suficiente para seu buraco negro emocional.

O psicólogo Martim Sellinger, pai da Psicologia Positiva, realizou vastos estudos sobre a sensação de satisfação, saciedade e felicidade. Não escapou da conclusão, felicidade é um estado de espírito e não uma condição externa.

Se você ficou tentado a afirmar: “tá vendo eu sabia que dinheiro não leva a nada”, provavelmente está na massa das pessoas que é insatisfeita e ainda reclama de quem quer ganhar dinheiro.

Não estou afirmando que dinheiro não é importante, pois ele facilita caminhos e viabiliza experiências belíssimas da vida cotidiana. Mas o que digo é simples, não basta um punhado de notas no bolso para você realmente ser feliz.

Caso você seja candidato a rico ou seja um ouça essa idéia, mude sua cabeça miserável. Você já tem tudo o que necessita para ser feliz, mas cabe você descobrir isso ao ver o brilho nos olhos das pessoas que você ama quando chega em casa.

É sua capacidade de transitar entre inúmeros estados mentais que vai possibilitar que o dinheiro traga experiência renovadoras. Se você for chata ou ranzinza o dinheiro só vai fazer de você um ranzinza e chato rico. Só isso, nada mais que isso.

Felicidade depende de você, o dinheiro pode evidenciar isso!

_____________________________________

Outros textos relacionados 

Olhar de turista – como ver o mundo com novos olhos

Jeito Google de ser

7 tipos de felicidade

Vida Ideal e Vida Real

About these ads
 
4 Comentários

Publicado por em 20/07/2011 em Vida

 

Tags: , , ,

4 Respostas para “A ilusão do Dinheiro

  1. Dulce Chaves

    24/07/2011 at 7:42 PM

    Oi Fred,

    Felicidade para mim é realmente, como você disse, um estado de espirito, está dentro de você, é um momento. Depende de como enchergamos a vida e os outros, de nossas atitudes. Um simples ato, por menor que seja, no nosso dia a dia, pode causar no outro ou em nós mesmos um sentimento de felicidade. Qdo vejo o por do sol, por exemplo, me pego esboçando um sorriço, isso é um momento de felicidade. Qdo estou com minha familia ou meus amigos, me sinto feliz e não preciso de dinheiro para isso.
    O dinheiro ajuda e é necessário é óbvio, mas não é tudo. Aprendemos isso com o passar do tempo.
    Um abraço.

     
  2. joão jacinto

    20/07/2011 at 8:52 PM

    Por vezes me questiono como seria se me saísse o Euromilhões. Confesso que jogo, mas sem grande esperança (ou com medo de) que seja eu o “feliz” contemplado. Que efeito teria esse dinheiro todo em mim? Mas acho que, se me saísse investiria na educação e na arte e/ou nos artistas, em todos os que se quisessem enriquecer e evoluir! Teria certamente muito em que me ocupar e a fazer! Hoje penso assim, de algibeiras vazias!…

    joão m. jacinto

     
  3. Paulo Roberto

    20/07/2011 at 1:44 PM

    Fala Fred!

    Esse texto levanta possibilidades interessantes. Claro, para boa parte das pessoas, não mudaria em uma palavra o que você disse.

    Entretanto, alguém que não tenha as necessidades básicas atendidas (usando a pirâmide de Maslow, por exemplo) vai achar que o dinheiro vai resolver todos os problemas. E com razão. Claro, eles não tão nem aí em vida após a morte ou “bobagens” espirituais. Eles só querem comer e o dinheiro possibilita isso.

    Ok, não devemos PERSONIFICAR o dinheiro, já que o que eles realmente precisam é comida, abrigo, bebida etc, mas do jeito em que se vive, só se obtém isso com o dinheiro.

    A maioria das pessoas, em maior ou menor grau, tem problemas que seria resolvidos por dinheiro. Mas, de longe, não são a resolução deles que vai trazer a felicidade.

    Portanto, acredito que esse texto mire mais pessoas que estão num nível acima da pirâmide de Maslow.. Para quem tem um padrão de vida mínimo, ok. Para os demais, parcialmente.

    No mais, esse texto se encaixa bem,inclusive para mim.

    Um outro debate interessante é que as pessoas dizem que o dinheiro resolve tudo por preguiça. Como geralmente é difícil conseguir dinheiro, eles podem continuar com problemas não-financeiros na vida deles de maneira justificada.

    Abraço

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 592 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: